Página Inicial
  Quem Somos
  Acordos e Convenções
   de Natureza Econômica
  Acordos e Convenções
   Horário de Trabalho
  Associe-se
  Assessoria Jurídica
  Atendimento    Odontológico
  Base Territorial
  Certificado REPIS
  Contribuições On-line
  Cartão Comerciário /   Convênios
  Colônia de Férias
  Clube dos Comerciários
  Diretoria
  Galeria de Fotos
  Homologações
  Informativo / Jornal
  Notícias
  Quadro de Acordo
   de Compensação
  Sede / Escritórios
   Regionais
  Fale Conosco
 
 
 
 

Notícias

[A luta continua...] Palavra do Presidente e Vereador Amauri Mortágua
Dia: 16/04/2015


Protestos contra ampliação da terceirização é adiada após pressão das manifestações ocorridas

As manifestações de ontem e todo o trabalho permanente dos Sindicatos e das Centrais Sindicais obrigaram o presidente da câmara dos deputados a adiar a votação do projeto de terceirização de mão de obra.

Eduardo cunha, o presidente da câmara, queria, a todo custo, votar a matéria ontem, da forma como estava redigida pelo relator.

Um verdadeiro trem da alegria das grandes empresas e multinacionais, com prejuízos incalculáveis aos trabalhadores e retrocesso da legislação trabalhista.

Estamos em São Paulo, como vice-presidente da UGT-SP, com o companheiro Luiz Carlos Motta, presidente da UGT/SP (que até terça-feira estava em Brasília, nesta luta), nas manifestações de ontem, em nosso Estado de São Paulo, nas rodovias e nas principais vias da capital e de várias cidades do interior do estado.

Manifestação na avenida paulista, durante o dia; e, depois, ao cair da tarde, participamos das manifestações nas vias: avenida Rebouças e Consolação, no centro da capital, a partir das 18 horas, com enorme concentração de milhares de trabalhadores, na chuva, com capas e guarda-chuvas (calcula-se mais de 30 mil), com objetivos claros de lutar por seus direitos e suas conquistas.

Justamente no mesmo horário da realização da sessão da câmara que iniciava a votação do projeto. Esta manifestação acontecia em 23 estados e mais o Distrito Federal.

Deputados sensibilizados com o clamor dos trabalhadores na rua pressionaram o presidente da câmara que suspendeu a sessão, fez reunião com colegiado de líderes e retornou adiando a votação para quarta-feira da semana que vem.

É mais uma vitória da união dos trabalhadores e das mobilizações de seus sindicatos e centrais sindicais.

Vamos continuar esta luta. Os ministros do governo se propõem a negociar com representantes dos trabalhadores, dos empresários, do congresso e da sociedade civil, na busca de um acordo.

Tudo isto reflete a nossa luta, incessante, incansável na defesa de nossos direitos.

Há uma semana atrás, o projeto já era tido como aprovado, inclusive por alguns sindicalistas de renome, que erraram na avaliação.

Motta, Eu e a maioria dos sindicalistas acreditamos na capacidade de mobilização dos trabalhadores na defesa de suas conquistas.

Assim que deve ser. Lutar sempre, esmorecer jamais..

Esta luta não acabou. A vitória que ora comemoramos é apenas de forma. Falta o principal: o conteúdo.

Vamos chegar lá!!!

Vereador Amauri Mortágua                                       

Presidente do Sincomerciários de Tupã

Secretário da Fecomerciários de SP, e

Vice-presidente da UGT/SP

 

 
 
 
 
 
 
 
 
Base Territorial: Adamantina - Arco-Íris - Bastos - Flora Rica - Flórida Paulista - Herculândia - Iacri - Inúbia Paulista - Lucélia - Mariápolis
Osvaldo Cruz - Parapuã - Pracinha - Queiroz - Quintana - Rinópolis - Sagres - Salmourão - Tupã


Sede: Rua Guaianazes 596, Centro - Tupã / SP - Fone (14) 3496-4535 - E-mail: sincomerciarios@sincomerciariostupa.org.br
Esc. Reg: Rua Salgado Filho 150, Sala 5 - Osvaldo Cruz / SP - Fone (18) 3528-7529 - E-mail: osvaldocruz@sincomerciariostupa.org.br
Esc. Reg: Al. Navarro de Andrade 429, Adamantina / SP - Fone (18) 3522-3937 - E-mail: adamantina@sincomerciariostupa.org.br
Sede Recreativa: Clube dos Comerciários - Rua Aimorés, 811 - Centro - Tupã / SP - Fone (14) 3441-5082 - E-mail: clube@sincomerciariostupa.org.br